Belarmino Lins pede à DPE que notifique e pune Claro e Vivo por dano coletivo em Fonte Boa

De acordo com o deputado, as duas empresas recebem uma fortuna oferecendo um serviços de péssima qualidade à população da cidade

Um dia depois de pedir providências à Defensoria Pública do Estado contra a empresa Claro, o deputado estadual Belarmino Lins (PP) apresentou, na manhã desta quarta-feira (21/10), nova Moção de Apelo à DPE, agora denunciando a operadora Vivo pelos péssimos serviços no município de Fonte Boa, Alto Solimões.

“Lamentavelmente, a exemplo da Claro, a operadora Vivo também não cumpre as determinações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em Fonte Boa. Lá, as duas empresas, na realidade, amealham fortunas oferecendo serviços de péssima qualidade à população local”, critica o líder progressista.

Segundo Belarmino, a Vivo, como a Claro, “enche as redes sociais com verdadeiras falácias, exaltando suas metas de inclusão digital e de popularização e expansão da internet móvel”. No entanto, na prática, acusa o deputado, “o que se vê em Fonte Boa, e certamente em outras regiões do interior do Estado, é a ganância prevalecendo, as operadoras faturando alto e os usuários da internet móvel em desespero e revolta”.

Ele informa que diariamente chegam ao seu gabinete denúncias e pedidos de intervenção da DPE contra as duas operadoras, encaminhados por líderes políticos e usuários de telefonia móvel e internet de Fonte Boa. “Os desserviços dessas operadoras travam o Poder Público Municipal, prejudicam o comércio e os serviços da rede bancária, atingindo toda a população”.

Belarmino pede à DPE, na pessoa do defensor-geral Ricardo Paiva, que notifique a Vivo e a Claro e, caso elas não adotem medidas urgentes visando o restabelecimento da qualidade dos seus serviços em Fonte Boa, que a DPE ajuíze ações civis públicas contra as operadoras, penalizando-as com indenizações por dano moral coletivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 10 =

Skip to content