Rosemary Pinto, diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do AM, morre por complicações da Covid

Rosemary esteve na linha de frente no combate à doença desde o começo da pandemia. Ela foi diagnosticada no dia 7 de janeiro, e realizava tratamento domiciliar.

Morreu na tarde desta sexta-feira (22/01), a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Rosemary Costa Pinto, por complicações decorrentes da covid-19.

Por meio de nota o Governo do Amazonas lamentou a morte da farmacêutica bioquíma. “Dra. Rose era epidemiologista de carreira da FVS e atuava há 25 anos na área. Durante toda a pandemia da Covid-19 foi uma das bússolas do Amazonas na interpretação dos dados da pandemia no Estado”, finaliza a nota

Skip to content